Menu

Menu Fofin

  • Home
  • Resenhas
  • Projeto 198 livros
  • Leituras do mês
  • Li em 2015
  • Contato

18 de fev de 2014

[Leituras do mês]: Janeiro de 2014.



Olá pessoal, tudo bem?


Sei que estou um pouco atrasada, mas eu gostaria de compartilhar com vocês as minhas leituras do mês de janeiro de 2014.  Como vocês já sabem, esse ano estou participando do Desafio 52 livros em 52 semanas, por isso minha meta para janeiro era ler cinco livros. No entanto, eu felizmente consegui ler mais do que imaginava e finalizei a leitura de sete livros.

No geral, foi um bom mês de leitura, mas não li nada de excepcional.  A maioria das minhas leituras foram três e quatro estrelas.  Além disso, eu consegui ler três livros nacionais, o que me deixou muito feliz, pois uma das minhas metas literárias para esse ano é ler mais literatura contemporânea nacional. 

Esse mês eu tive a  oportunidade de participar novamente da Maratona Literária 2.0, que foi  a grande responsável  por eu  ler mais esse mês. Durante o período da maratona eu fiz a leitura de quatros livros.

Através das minhas leituras desse mês tive oportunidade de visitar a Alemanha, Austrália, Estados Unidos, Brasil e Inglaterra. Sendo que foi a primeira vez que eu li o livro de uma autora australiana.

Minhas leituras: 




 Primeira leitura do ano. Um livro nacional leve e divertido com personagens cativantes.

 
''Uma mentira que teremos que convencer ser uma verdade. – Ele colocou o anel no dedo dela, para em seguida dar-lhe um leve beijo nos lábios. ''







 Jason Blake é uma criança norte-americana autista de 12 anos que tem que lidar com os desafios de viver em um mundo em que parece não se encaixar.

“Quando escrevo, posso ser ouvido. E fazer que me conheçam.”









Um livro nacional que trata da história de uma jovem alemã que depois da Segunda Guerra Mundial e queda do Nazismo torna-se vítima do preconceito contra os alemães.


“Da riqueza à pobreza.
  Do piano ao serviço forçado.
  Da indiferença... para a fé sobrenatural de Deus.
  Essa é a história de Ana.” 




 4 – Diário de um Banana – Dias de Cão de Jeff Kinney.



Quarto livro da série Diários de Um Banana. Nesse volume, apesar de preferir ficar em casa jogando vídeo-game, Greg é obrigado a passar um tempo com a família e socializar com as pessoas durante as férias. Sem dúvidas, o livro mais divertido da série.

“Seja como for, eu sempre soube que um dia serei rico e famoso, mas estou começando a ficar meio preocupado por isso ainda não ter acontecido. Eu pensava que, a essa altura, eu já teria PELO MENOS  meu próprio reality show. ”


5 – Bela Maldade de Rebecca James.


O primeiro livro que li de uma autora australiana. O livro trata da história de Khaterine, uma jovem em busca de um recomeço e que esconde um grande segredo, e Alice, uma garota popular, bonita e aparentemente agradável. As duas tornam-se amigas inseparáveis até que uma decide romper com essa amizade e a outra mostra seu verdadeiro caráter.

 “Ninguém é de fato inteiramente bom. Pelo menos é o que eu acho. Tentar ser bom, ou ao menos tentar não ser mau, provavelmente é o mais perto que conseguimos chegar.”

6 – O Segredo de Emma Corrigan de Sophie Kinsella.


 Meu primeiro click lit. Segue a história de Emma Corrigan uma assistente de marketing atrapalhada e divertida que acaba contando todos os seus segredos para um completo estranho.

“Mas de que tipo de padrão estamos falando aqui? Parece que estive competindo em pequenos eventos locais e de repente vou para as Olimpíadas. Jack Harper é um multimilionário internacional. Deve ter namorado modelos e... ginastas... mulheres com enormes peitos petulantes... taras envolvendo músculos que eu nem acho que possuo.”

 7 – Fui uma boa menina? de Carolina Munhóz.


 Um conto natalino nacional com um pouco de fantasia. É escrito em forma de diário, onde uma menina vai falar de sua vida, da sua família e de seus sentimentos.


"Era um homem sério e autoritário, o que muitas vezes se devia ao seu excesso de responsabilidades. Desde cedo havia sido treinado para exercer sua função. Tinha ajudantes e a própria esposa, figura sempre importante no processo produtivo, mas, na noite da celebração, apenas ele podia cumprir a tarefa final. Uma função destinada à sua raça."


Bom, essas foram as minhas leituras. Todos os livros listados  já forma resenhados no blog. Não esqueçam de comentar se vocês já leram algum dos livros citados e o que vocês leram durante o mês de janeiro.

Boas leituras e até a próxima!

2 comentários:

  1. Cara, adorei a capa de Fui uma boa menina?
    E agora fiquei bastante curiosa com o livro sobre a menina Alemã. Nem sabia que era legal e muito menos nacional!

    Ótimas leituras, Vicky! :)
    Beeeijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é realmente muito bonita!
      O livro do Victor Rei é interessante, mas tem uma pegada religiosa também.
      Obrigada pela visita!
      Bjs

      Excluir